Considerando 1º de agosto de 2020 como a data de referência

Brasil está sem o Censo Demográfico há:

00 dias 00 horas 00 minutos 00 segundos

Next

Quer receber notícias?

Você já conhece?

Atlas Temático:
Migrações Internacionais da Região Sul

A publicação pode ser baixada gratuitamente e tem a autoria das Professoras Cláudia Siqueira Baltar (UEL/ Observatório das Migrações de Londrina) e Rosana Baeninger (NEPO-UNICAMP/ Observatório das Migrações em São Paulo), e do Professor Ronaldo Baltar (UEL / Observatório das Migrações de Londrina). Com dados do SISMIGRA, CONARE, RAIS, INEP e outros.

Next

Colaboração

A elaboração do Atlas envolveu vários parceiros

As parcerias institucionais são: UEL, NEPO/UNICAMP, UNICENTRO-Guarapuava, UNFPA, Ministério Público do Trabalho de São Paulo, OAB-Londrina, Defensoria Pública da União (Londrina) e Caritas Arquidiocesana de Londrina. Apoio institucional da Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), Organização Internacional para as Migrações (OIM), Ministério Público do Trabalho, CNPq, Observatório das Migrações em São Paulo e Observatório das Migrações de Londrina.

Next

Baixe o Atlas na íntegra

Baixe o Atlas Temático - Migrações Internacionais na Região Sul em pdf na íntegra a partir do Núcleo de Estudos de População "Elza Berquó" NEPO/UNICAMP e assista o vídeo de lançamento, ocorrido no dia 18 de dezembro de 2020, pelos endereços abaixo


Vídeo de Lançamento Baixar o Atlas

Next

Mais Publicações

Migração, Trabalho e Gênero

Capítulos: Imigrantes Bengaleses na Região Metropolitana de Londrina: presença e inserção laboral no período recente - Cláudia Siqueira Baltar, Ronaldo Baltar, Luiz Augusto Silva Ventura do Nascimento e Fernando Henrique Cardoso escrevemos; e Imigrantes Internacionais e Refugiados no Estado do Paraná: uma análise do período recente - Cláudia Siqueira Baltar, a Rosana Baeninger e eu (Ronaldo Baltar.

Baixe o livro

Migrações Venezuelanas

Capítulo: Política de interiorização da migração venezuelana recente: considerações a partir do estado do Paraná - Cláudia Siqueira Baltar, Ronaldo Baltar e Deusa Fávero

Baixe o livro

Migrações Internacionais e Covid-19

Capítulo: Covid-19, distanciamento social e o risco de “desfiliação social”: refletindo sobre implicações e significados para os imigrantes internacionais a partir do Brasil e do Paraná – Cláudia Siqueira Baltar e Ronaldo Baltar

Baixe o livro

Migrações Sul-Sul

Capítulo: Migrações internacionais e política: uma agenda “pós-materialista” para o debate político eleitoral no Brasil? - Cláudia Siqueira Baltar e Ronaldo Baltar

Baixe o livro

Next

Sobre o Observatório de Populações e Políticas Públicas (ObPPP)

O Observatório de Populações e Políticas Públicas (ObPPP) é um projeto coordenado pela Profa. Cláudia Siqueira Baltar, no âmbito do Departamento de Ciências Sociais e do Programa de Pós-graduação em Sociologia (PPGSOC), da Universidade Estadual de Londrina (UEL). Tem por objetivo realizar pesquisas, disseminar dados e análises, formar pessoas e promover a articulação de instituições para qualificar a dimensão do papel das dinâmicas demográficas no planejamento de políticas públicas. A iniciativa teve início em 2016, com o Observatório das Migrações de Londrina, um projeto que desenvolveu pesquisas sobre os processos migratórios, bem como as suas vinculações com a redistribuição espacial da população, urbanização, rede de cidades, politicas migratórias e políticas de desenvolvimento. Este projeto foi fortalecido por importantes parcerias institucionais, com pesquisadores do Núcleo de Estudos de População “Elza Berquó” (NEPO), da Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, e com o Grupo de Pesquisa Redes de Poder, Migrações e Dinâmicas Territoriais (GEPES), da Universidade Estadual do Centro-Oeste, UNICENTRO-Guarapuava. O amadurecimento dos estudos e das articulações institucionais resultou, em 2020, na transformação do projeto original no atual Observatório de Populações e Políticas Públicas (ObPPP). No contexto local, o Observatório tem atuado no debate acerca das migrações internacionais contemporâneas e das ações de acolhida e atendimento aos imigrantes e refugiados, em parceria com entidades e organizações da sociedade civil e do poder público, através das atividades do GT Migrantes e Refugiados de Londrina e Região, coordenado pela Caritas Arquidiocesana de Londrina, e que conta com o envolvimento de representantes da Defensoria Pública da União, da OAB-Londrina e de diferentes setores do poder público.

Equipe

Prof.ª Cláudia Siqueria Baltar (coordenadora):

Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo (1999), mestrado em Ciência Política pela Universidade Estadual de Campinas (2003) e doutorado em Demografia pela Universidade Estadual de Campinas (2008) e Pós-doutorando do Programa de Pós-Doutorado do Núcleo de Estudos de População, da Universidade Estadual de Campinas (NEPO/UNICAMP), 2020. Atualmente, é Professora Adjunta da Universidade Estadual de Londrina, coordenadora do "Observatório de Populações e Políticas Públicas - ObPPP", vinculado ao Programa de Pós-graduação em Sociologia da UEL. No Observatório, desenvolve pesquisas sobre demografia e políticas públicas em espaços urbanos, com ênfase em Migrações e Redistribuição Espacial de População, migrações internas e internacionais, Descentralização político-administrativa e Desmembramentos municipais.

Prof. Ronaldo Baltar:

Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade de Brasília (1985), mestrado em Sociologia pela Universidade Estadual de Campinas (1990) e doutorado em Sociologia pela Universidade de São Paulo (1996). Atualmente é professor associado da Universidade Estadual de Londrina. No ObPPP, atuando principalmente nos seguintes temas: sociologia computacional, metodologia de pesquisa, migrações internacionais e indicadores para monitoramento de políticas públicas.

Prof. Cláudio Jorge Gomes da Rocha Júnior:

Professor Adjunto da UFRPE. Doutorando em Sociologia na Universidade Estadual de Londrina, Mestre em Administração e Desenvolvimento Rural na UFRPE (2012), graduado em Agronomia pela UFAL (2010) e Administração pela UNIP (2018). Tem experiência na área de Administração rural, com atuação nas seguintes linhas de pesquisa: funções administrativas; empreendedorismo e inovação; gestão de agroindústrias de pequeno e médio porte; estratégia, marketing e comercialização agropecuária; comportamento organizacional; migrações; juventude rural; turismo rural; comércio exterior e; fortalecimento da agricultura familiar. Desde 2013 coordena o GEAR - Grupo de estudos em administração rural (UFRPE)

Prof. Fernando Henrique Cardoso:

Professor na Secretaria do Estado do Paraná, sociólogo, mestre em Ciências Sociais pela UEL (2016). Graduado em Sociologia (2021) pela UNAR de Araras - SP, também graduado em Ciências Contábeis (2008), tem experiência na área de contabilidade, com ênfase em departamento pessoal. É especialista em Administração Financeira e Controladoria (2012) pela FACCAR, Especialista em Metodologia do Ensino Superior (2013) pela UNOPAR, Especialização em Ensino de Sociologia e Filosofia (2020) e Especialista em Políticas Públicas (2020) pela UNINA Educacional e estudante de Especialização em Metodologia do Ensino Religioso. Atualmente é integrante do Observatório das Migrações de Londrina.

Prof. Luiz Augusto Silva Ventura do Nascimento:

Doutorando em Sociologia. Mestre em Ciências Sociais (2016). Especialista em Ensino de Sociologia (2013) e em Direito Civil e Processo Civil (2004), todos pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Bacharel em Direito pela Universidade Norte do Paraná (2003). Licenciado em Ciências Sociais pela UEL (1999) e em Letras com habilitação português e inglês e respectivas literaturas pelo Centro Universitário de Araras Dr. Edmundo Ulson (2018). Professor vinculado ao Departamento de Ciências Sociais da UEL (2017-), ao curso de Direito das Faculdades Londrina (2017-) e aos cursos de pós-graduação do Instituto de Direito Constitucional e Cidadania (2018-). Tem interesse em pesquisar as temáticas relacionadas ao Estado, à democracia, à sociedade civil, aos direitos humanos, às transformações sociais, ao trabalho e à política migratória e os impactos nas migrações internacionais contemporâneas.